Arqueologia

Reconstituição do monumento para banhos do Castro das Eiras

Com base na planta do balneário castrejo do Castro das Eiras, Pousada de Saramagos, escavado em 1990 e usando paralelos arqueológicos referenciados na região, elaborou-se, no Parque da Devesa, uma reconstituição em tamanho real do monumento. Trata-se de um exercício de arqueologia experimental para tentativa de resolução de questões construtivas e ensaio do seu funcionamento.

Este tipo de monumentos, destinados a banhos públicos, sobressaem pela sua originalidade e técnica construtiva do conjunto arquitetónico castrejo, de que se conhecem vários exemplares por todo o Noroeste Peninsular.

Newsletter Insira o seu e-mail e receba informação sobre as atividades no Parque da Devesa

Faça a sua
Avaliação do Parque

Clique Aqui