Parque

Apresentação

O Parque da Devesa é um recente espaço verde urbano situado junto ao centro da cidade de Vila Nova de Famalicão. Com os seus 27 hectares, o parque é um local privilegiado de contacto com a natureza, lazer, convívio e desporto, que se configura como um veículo de excelência para a educação ambiental e para a sustentabilidade, e como uma mais-valia cultural, cívica e ética, propondo-se a contribuir para o crescimento integral dos cidadãos no respeito pelas pessoas, pela natureza pelas gerações futuras.

O rio Pelhe, que atravessa o parque em toda a sua extensão, contribui para a sua beleza e aprazibilidade, para as quais também concorrem a respetiva galeria ripícola, o lago, os carvalhos centenários, as sequoias e outras árvores de grande porte, bem como os penedos graníticos.

Para além da vertente de lazer e contacto com a natureza, o parque propicia a cultura e a educação, vertentes para as quais contribuem os edifícios aí implantados, a Casa do Território, o Anfiteatro, os Serviços Educativos.

A sensibilização para a proteção dos recursos naturais, através da dinamização de atividades que promovam o aumento da biodiversidade, a alteração de atitudes e comportamentos, e que disseminem boas práticas ambientais, é uma das componentes essenciais da missão do parque, na qual também as Hortas Urbanas desempenham um importante papel.

Localizado em quintas rurais abandonadas há décadas, o Parque da Devesa, cujo projeto, da autoria do Arq. Noé Diniz, assentou na requalificação do Rio Pelhe, rio que atravessa a cidade de Vila Nova de Famalicão, e na reconstrução dos edifícios agrícolas pre-existentes, reconvertendo-os para outros usos, com o respeito pela traça original.

Fruto de uma parceria para a regeneração urbana, e correspondendo a aspirações antigas das populações locais, o Parque da Devesa surgiu como uma oportunidade de qualificar um espaço rural que estava ao abandono, potenciando a sua biodiversidade e constituindo-se como uma área ambiental, de lazer e qualificante das condições de vida da população do concelho e da região abrangente, e simultaneamente da imagem e atratividade da cidade.

A construção do Parque incluiu a despoluição e renaturalização das margens do rio Pelhe, que o atravessa, a implantação de um lago, a requalificação dos edifícios rurais das antigas quintas desativadas, transformando-os em equipamentos culturais e educativos, a reinvenção do moinho de água e recuperação dos tanques, a construção de um anfiteatro ao ar livre e de uma rede de percursos pedonais, a limpeza de vegetação infestante e preservação da vegetação autóctone ou de valor paisagístico, e a plantação de mais cerca de 37 mil exemplares de árvores e arbustos de diversificadas espécies.

O parque foi inaugurado em 28 de setembro de 2012, e a sua gestão compete, desde janeiro de 2014, à Equipa Multidisciplinar de Gestão do Parque da Devesa (EMGPD).

Os visitantes do Parque da Devesa têm ao seu dispor um audioguia, consultável com tablet ou smartphone, que lhes permite fazer visitas guiadas ao parque, ao ritmo de cada um. A aplicação chama-se "Audite DLL" e encontra-se disponível, gratuitamente, na Google Play.

Mapa

Parque da Devesa

Newsletter Receba todas as informações, notícias e convites que o Município de Vila Nova de Famalicão tem para si. Ao inserir o seu email está a dar-nos consentimento para o contactarmos no âmbito das atividades desenvolvidas no Parque da Devesa.

Faça a sua
Avaliação do Parque

Clique Aqui