O PROJETO

Os Arquitetos da Devesa
O Parque da Devesa tem assinatura de dois arquitetos. Armindo Costa, que enquanto Presidente da Câmara Municipal acreditou que era possível e concretizou esta obra, realizando um sonho antigo dos famalicenses. E Noé Dinis, o responsável pelo projeto. A foto, tirada pouco tempo após a inauguração do parque, reflete bem a relação cúmplice e construtiva que os dois mantiveram desde o primeiro dia e que resultou na materialização deste grande e unânime projeto.

RIO PELHE

O Rio Pelhe e o lago

Um rio que vem refrescar a nossa forma de estar e viver em Famalicão. Agora despoluído, após um longo período em que se manteve "escondido" dos olhares da cidade, o Rio Pelhe mostra-se orgulhosamente a todos os famalicenses, inspirando a refrescantes dias. O rio alimenta um lago, criado artificialmente, e que torna ainda mais atrativos os grandes prados e zonas arborizadas do Parque da Devesa.

ILHA DOS AMORES

Parque da Devesa com renovados motivos de visita

O Parque da Devesa tem novos pontos de atração. O espaço “Ilha dos Amores” e duas esculturas da autoria do escultor moçambicano Gonçalo Mabunda, são as mais recentes novidades do Parque, disponíveis desde o passado dia 28 de setembro.

Situada ao lado do moinho do Parque, a Ilha dos Amores recria o cenário mágico e paradisíaco da história narrada por Camões, nos Cantos IX e X de “Os Lusíadas”.

Na mesma altura foram também inauguradas duas esculturas, erguidas em pleno Parque da Devesa sob projeto do escultor moçambicano Gonçalo Mabunda.

Últimas Notícias

Famalicão é capital da camélia por uma semana

As camélias e a gastronomia lado a lado, numa combinação improvável mas que parece resultar em deliciosas experiências gastronómicas. Esta é a sugestão da masterchef famalicense Lígia Santos, que promete mostrar as várias aplicações desta flor na cozinha com o showcooking “A Rainha é a Camélia”, uma das muitas iniciativas inseridas na primeira edição da Semana da Camélia de Vila...